Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Bridget Jones Portuguesa

O diário de uma marketer a tentar levar uma vida mais saudável

Desafiaram a Bridget! #1 e #2 - Mais sobre mim

A querida Ana, do blog @Não sei por onde começar, decidiu lançar-me o desafio das 50 perguntas! - mais uma vez, muito obrigada.

 

Ora, apesar de eu não ser nada destas coisas, acho que a Ana foi uma querida e é sempre interessante darmos a conhecer-nos um pouquinho mais, por isso aceitei e - para quem tiver paciência - cá vai a resposta a c-i-n-q-u-e-n-t-a questões: 

 

1. O que mais odeias em ti?

Acho que odiar é uma palavra muito forte. Nem sempre, nem nunca. Tem de ser assim para tudo na vida. Há coisas que eu não gosto particularmente, como é o caso da celulite ou, por exemplo, ser uma pessoa impulsiva, mas não posso dizer que odeie isso...Vivo bem com, mas vivia melhor sem! 

2. Peso?

69,7 quilinhos de ternura! 

3. Se pudesses visitar qualquer lugar no mundo onde é que irias e porquê?

Sou uma pessoa que adora viajar. Apesar de já ter visitado alguns sítios, ainda há muito para conhecer. Mas confesso que tenho um certo - grande -  fascínio pela Florida. Quando era mais nova, li um livro que adorei - chama-se A doçura da Chuva - e, desde então, fiquei com um interesse enorme por visitar aquele estado dos EUA. 

4. A última coisa que te fez chorar?

Sou uma chorona... se tivesse um cognome era Jéssica, A Chorona. Emociono-me com muita facilidade e, regra geral, sempre com animais. A última vez foi ontem, à conta de uma publicação que a União zoofila fez no facebook. Ver do que falo, aqui

 

 

Beijinho para todos, mas em especial para estas 6 meninas mulheres que eu tanto gosto de seguir! Façam(-me) o favor de serem felizes e bom fim-de-seemanaaa minha gente!! 

Burlaram a Bridget

O que tinha tudo para ser uma linda história de amor revelou-se um autêntico filme de terror! A minha sorte foi ter um anjo da guarda a zelar pela minha pessoa que é como quem diz, pela minha carteira

 

Eu adoro fotografia e há imenso tempo que desejava ter uma máquina polaroid. No entanto, e como sou uma pessoa ponderada - nalguma coisa teria de ser, não é? -, sei que tenho uma câmara digital muito boa e seria só estúpido e impulsivo comprar uma instax de 80€, por mero capricho! Por isso, nunca o fiz. 

 

Há cerca de umas 2 ou 3 semanas estava, por curiosidade, a navegar no marketplace do facebook e estava lá um rapaz a vender uma instax 8 a 20€! Escusado será dizer que fiquei super entusiasmada ... Neste momento as instax 8 estão a 70€ na fnac (acho)... 20€ para um capricho pareceu-me aceitável! Ainda para mais estive a ver os filmes (fotos) no ebay e o preço estava bom para o que estou disponível a gastar!

 

Anyway... acontece que o individuo, de uma educação extrema, mesmo depois de me ter garantido que me guardava a máquina por 2 dias, enquanto alinhavamos quando e como é que eu ia ter com ele, decidiu vende-la - sem sequer me avisar

 

Por ironia do destino, hoje de manhã quando acordei, como habitual, dei uma vista de olhos pelo instagram e eis que nas stories me aparece um anúncio patrocinado, com promoções da fujifilm por causa da Black Friday!!! Eu não estava em mim! Estava tão, tão, mas tão feliz! Pensei logo "vou aproveitar! Assim que chegar ao escritório vou comprar. É um presente de Natal de mim para mim". 

 

Ainda sou um bocado velho do Restelo no que refere a compras online, mas lá vou fazendo algumas. Tudo por meio da criação de cartões de crédito com o MBway... (só assim mesmo!)

 

Vejam só bem o que eu ia comprar....

1ac421a7-b2b4-4d27-b995-f0998f87a420.jpg

 

 

Quando é que esta brincadeira me começou a cheirar a esturro? Quando finalizo o pagamento e aparece-me uma notificação de que o pagamento não tinha sido bem sucedido e para tentar uns momentos mais tarde ou para enviar um e-mail... Entretanto apercebo-me de que não tinha chegado ao meu Gmail nenhuma confirmação de criação de conta e que o email que eles indicavam para contactar era, no mínimo, estranho para um revendedor da fujifilm... 

 

812cb774-57f3-4998-b799-3465afba01f3.jpg

 

Tudo no site https://shop.europe-fujifilm.com me pareceu bastante real! O S do protocolo de segurança. A política de devolução e de expedição dos materiais. A criação da conta. A própria construção do site estava muito boa! Nem o Pedro, meu namorado, que é Eng. Informático desconfiou do que quer que fosse. 

 

Não sei se sabem, mas em compras feitas com MBway é possível verificar se o pagamento foi efetuado e, em caso de não ter sido, porque motivo. Fui logo de imediato ao cartão que tinha gerado para esta compra e os 60€ continuavam lá... e em nota aparecia que tinham tentado cobrar uma compra naquele cartão, mas que a mesma não tinha sido bem sucedida porque o valor que tentaram cobrar era superior ao que eu tinha estipulado. 

Pedi logo ao Pedro que desse uma vista de olhos, para saber se estava a ser burlada ou não! Quando ele viu o site e criou uma conta disse-me que, tudo lhe parecia normal, mas foi quando começou a pesquisar mais que encontra isto no site da instax UK (tem link, podem clicar e inspecionar): 

 

FRAUDULENT WEBSITES POSING AS FUJIFILM

 

Fiquei para morrer! Até porque eu, previamente à compra, pesquisei sobre isto e no site da fujifilm Portugal não havia referência a nada

 

Pediu-me logo que cancelasse o cartão e certo é que, até agora, não me cobraram nada (e ele assegura que, agora, dificilmente o conseguem fazer), mas como boa paranoica que sou, continuo a fazer refresh à minha app do banco a cada hora.. não vá o diabo apetecer-lhe (ou os hackers)!

 

Aho que isto é um sinal de Deus para eu não comprar uma instax! Livra...

Sou uma Bridget à séria

A Bridget Jones começava sempre os dias a escrever no seu lindinho diário o seguinte: peso, a quantidade de cigarros fumados e o nº de copos de vinho que mandava a baixo ou estarei enganada? Poderia não ser por esta ordem, mas algo semelhante deveria de ser... E eu, a jeitos que deveria de começar a fazer o mesmo...

 

Isto porque, criei este blog dia 10/10/18, com o intuito conseguir manter um estilo de vida mais saudável e ativo - estava eu na expectativa de que, ao ter um cantinho onde pudesse partilhar as minhas conquistas diárias (aka não comi 3 folhados mistos e um pacote de batatas fritas) com outras pessoas, estaria a criar um compromisso comigo e com "os outros" e a contribuir para a continuidade da coisa... - mas na realidade passou-se um mês e eu continuei no ataque aos folhados, às batatas fritas, aos petiscos e à carninha com molho de natas.... *ai deus* 

Como driblar o estresse do fim do ano

Esta falta de vontade que habita em mim, esta inercia que tem andado de braço dado comigo nos últimos 4 anos, tem sido algo que me assusta... 

 

Àquelas pessoas que dizem "só não faz dieta quem não quer. Fazer dieta é fácil, difícil é manter", tenho a dizer: isso é tudo lindo, (perdoem-me os mais sensíveis o palavreado que vou empregar)mas é uma grandessíssima merda! 

 

Nem fazer dieta, nem manter é fácil.. Não, não é! São ambas igualmente difíceis. Não é, como já li por aí algures num blog, fechar a boca e inscrever num ginásio e já está! Fazer dieta, reeducar hábitos alimentares, é muito mais do que isso. Envolve muita força de vontade, muito foco e força para dizer que não às mil e uma tentações que nos rodeiam... ou porque é verão e há mil petiscadas e esplanadas ao final do dia para disfrutar de uma imperial e de um gelado, ou porque é inverno e a comida quentinha (e pesada) é que nos sabe bem, ou porque "chegou" a altura do natal e temos sempre jantares de natal, com grupos diferentes, todas as semanas, ou porque está muito frio e não apetece ir para a ginásio, ou pelo contrário, está muito calor.

 

No fundo, é difícil porque a nossa cabeça inventa desculpas e é aí que temos de trabalhar. E meus amigos, trabalhar o psicológico não é nada, nada fácil! 

 

 

Destaque da Trampa

Aquele momento megó-excitante em que o Sapo faz um destaque de um post teu ..... e pensas:

"uaaau... que fixe. Qual terá sido?

*momento de silêncio* 

"Ah... é sobre cocó. Que bom... Alguns posts com conteúdo pseudo-interessante e o sapo decide destacar o dos elefantes!" 

Não importa, um destaque é um destaque...É como os jogos do Sporting: não importa se não jogou um boi, desde que ganhe! 

Obrigada Sapiiinho!! 

 

Capturar.JPG

 

 

Inspiring Friday #1

Ora, tendo este blog sido criado com o objetivo de ser uma espécie de diário dos tempos modernos (entenda-se: digital), relacionado com a luta diária de uma miúda por conquistar um estilo de vida mais saudável, faz-me todo o sentido a escolha desta primeira Mulher.

A primeira Mulher de que vou falar, não está presente no "meu mundo dos blogs", mas está, diariamente, presente no meu instagram @fitness.bridget e inspira-me pelos mais diversos motivos: 

 

Carolina Patrocínio 

 

Duvido que, haja alguma alminha por esse Portugal fora que, não conheça este nome.

Acredito que até pessoas mais idosas conhecem a Carolina. Seja porque a veem na televisão ou pelas constantes notícias e criticas de que é alvo em algumas revistas cor-de-rosa-maló-dizendes

Quando olho para a carolina "não vejo" o six pack. Não vejo se treina de segunda a domingo, se não come o pequeno-almoço antes de ir treinar ou se treina que se farta mesmo estando a gerar uma mini criaturinha, adorável, durante nove meses como se nada fosse.

 

Pelo contrário, vejo uma Mulher forte, determinada, com a cabeça e vontades próprias no sitio e muito bem definidas. Vejo uma mulher impermeável a criticas, que sabe o que quer e para onde vai. Vejo uma Mulher que é um exemplo para as filhas no que diz respeito à verdadeira essência do que é ser pessoa e mulher. Se é linda? Se tem um corpo invejável? Malta, nem o Brad Pitt consegue encher os olhos de todas as mulheres, como é que a Carolina haveria de o conseguir? 

Porque lá está, há gostos para tudo e as pessoas muitas vezes parecem esquecer-se disso mesmo. Bonito para mim é ver uma mulher que se sente feliz no corpo que tem e que, diariamente, luta para ter/manter. Não me cabe a mim, nem ao vizinho do lado, dizer se está certo ou errado. 

Claro que há opiniões. E opiniões nunca fizeram mal a ninguém. Obviamente que eu posso dizer se gosto ou não de ver. Mas o que eu sinto na verdade, é que as pessoas excedem o simples comentar e roçam muitas vezes no desagradável. São maldosas e parece que quase querem que a pessoa se sinta mal na sua própria pele (muitas vezes são essas mesmas pessoas que se queixam dias a fim de que tem de perder peso e fazem bola em relação a isso...).

Cada mulher é livre de tomar as escolhas que entende com o seu corpo. É livre de decidir como quer treinar e nutrir o corpo e a alma. O "eu acho que.." deve valer de muito pouco ou quase nada.

A Carolina é um exemplo que vai muito para além do físico, até porque só assim poderia ser um exemplo para mim. 

 

p.s.- mas vamos lá a ver.... que a "miúda" tem um bom rabo, tem! 

Capturar.JPG

 

Inspiring Friday

Pelo que tenho percebido, o sapo surgiu com a ideia de, às sextas-feiras, cada blog partilhar, num post, um outro blog que goste de seguir e que o inspire. 

Ora, estando eu de regresso ao mundo blogosferiano há tão pouco tempo, ainda não tenho num blog que diga: uau! (mentira, até tenho! Mas prefiro guardar para quando já tiver um número considerável de blogs a referência e assim poder dar seguimento ao desafio todas as sextas-feiras).

 

Assim, decidi tornar das follow friday, as Inspiring Fridays. No fundo quero aqui partilhar pessoas, nomeadamente, mulheres, que me inspiram diariamente a tentar mudar os meus hábitos de alimentação e rotinas diárias. 

 

Por quem será que vou começar? huum