Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Bridget Jones Portuguesa

O diário de uma marketer a tentar levar uma vida mais saudável

Nunca vi Game of Thrones, lamento

Untitled-3.jpg

 

Provavelmente, até no mundo "blogosférico" sou das poucas (raríssimas) pessoas que nunca viu Game of Thrones! Sim, podem já começar a atirar pedras e a levar as mãos à cabeça enquanto praguejam "como é que é possível? Saíste da caverna agora?". 

 

Vamos já esclarecer uma coisa: Não tem nada de mal em ser-se diferente; Não tem nada de mal em nunca ter visto o mesmo que a maioria; Nem tão pouco tem mal não gostar do mesmo.  

 

Mas como diz o velho ditado "água mole em pedra dura, tanto bate até que fura (!)" e não é que gostei? Vá, acalmem o facho, também ainda só vi o primeiro episódio. 

 

Na verdade nunca tinha visto GOT - olhem para mim a falar como uma nativa-, mas não foi por gostar de ser do contra ou por querer ir contra a maré. Simplesmente não sou pessoa de ligar o computador e ver episódios a fio durante horas. Geralmente prefiro despender do meu tempo numa mesa rodeada de amigos; ler um livro; ver um filme e ir ao cinema; cozinhar; passear com os meus cães. E nunca tinha calhado ver!

 

Serei o único alien que nunca viu GOT ou há por aí alguma alminha que se junta a mim? Se houver lamento, vai ficar sozinha porque eu já me rendi! 

game-of-thrones-memes-750x375.jpg

 

 

 

 

 

 

 

Untitled-1.jpg

 

 

 

Compulsão alimentar em retrospectiva

Untitled-3.jpg

 

 

 

No Domingo à noite caiu-me a “ficha”.

 

No cinema, durante o intervalo do filme, sem energia, mole e cheia de sono, olhei de soslaio para a Joana e
vi-a devorar o pacote de pipocas e pensei no quão cheia estava para nem sequer uma mini pipoquinha
caber-me dentro do estomâgo. Foi quando comecei a analisar, em calorias, o meu fim-de-semana ...

 

(Ora vejam do que se trata quando falam em compulsão alimentar e fome emocional)

Untitled-3.jpg

 

Pensei imenso antes de escrever esta publicação. Podia simplesmente fechar-me na minha vergonha e niguém saberia tudo o que comi durante o fim-de-semana... nem eu teria “consciência” disso. Faria Fast Forward e, pronto, já estava...Continuaria a dizer que estou a fazer dieta e a ir ao ginásio, mas os resultados nunca  apareceriam... e eu diria (como digo sempre): “parece que com os anos esta porra de emagrecer fica  mais difícil. Ou então é a dieta que é desajustada...”... mas a minha favorita é “eu nem percebo porque é que não consigo emagrecer. Tenho uma alimentação saudável”. Para rir não é?

 

Não, na verdade não dá vontade de rir, só de chorar! Quando em retrospetiva vejo o fim-de-semana
alimentar que tive ... e atenção, falo em fim-de-semana, mas durante a semana também cometi certos pecados,
Penso: “como é possível que arranje forças para me levantar às 06:20 da manhã, quatro vezes
por semana para ir ao ginásio, e depois deite tudo a perder no que toca à comida?”

 

Não é fácil. Fala-se muito em distúrbios alimentares como a anorexia, a bulimia... mas pouco sobre a
compulsão alimentar (apesar de cada vez se ouvir mais sobre este problema). É ansiedade, são medos,
são as expectativas, as pressões, é a tristeza, são restrições excessivas... são um N de situações que podem
despoletar isto e que só sossega quando o estomago está cheio e quase a rebentar pelas costuras. É a cabeça
e a autoestima que vão abaixo a cada alimento processado que metemos à boca e arruinamos todo o
trabalho de uma semana.

 

A cabeça... a cabeça tem tanta força na nossa vida. Cada vez mais digo e repito: acredito que o bem-estar,
que ter saúde, começa (e termina), na nossa saúde mental; ter saúde psicológica, ter uma mente saudável,
trás tudo o resto consigo. Já o inverso não estou certa de que aconteça.

 

Para esta semana não vou colocar objetivos inalcançáveis. Não vou colocar pressão e obrigar-me a ir ao
ginásio 4/5x por semana... vou simplesmente respirar e ter calma...vou criar metas e objetivos de curto prazo,
mas reais.

 

Vou, tentar, cuidar mais de mim. Da minha mente.
Vou parar e pensar nas escolhas, nas pequenas escolhas, que estou a tomar diariamente.

Untitled-1.jpg

 

 

 

Bom Ano 2019 (com Delay)

Ano Novo. Hábitos Velhos?

Vá, confesso que estou a tentar contrariar esta minha tendência para trazer bagagem do ano anterior para um novo, mas reconheço que é um enormíssimo cliché quando todo o mundo começa a pregar aos 7 ventos que, passo a citar: "este ano é que vai ser", "20xx vai ser um ano em grande.", "este vai ser O Ano. O que ficou para trás, para trás fico" ... 

 

O bom dos clichés é que podem torna-se realidade, tenhamos nós a vontade e coragem para fazer acontecer

Para este ano não escrevi nenhuma resolução. Nem uma. Mas gravei a lápis, no coração, esta vontade que tenho de me superar. De levantar a cabeça e, novamente digo, fazer acontecer

 

Para 2019 só peço dias recheados de gargalhadas, de amigos e de energias positivas. Já agora, se não for pedir muito, também gostava que 2019 nos bafejasse com dias mais quentinhos porque nossa-senhora-da-boa-nova eu não aguento este frio do ártico!! E que se estiver para durar, vou-me sentir obrigada a ser pedinchona e a pedir também mais pares de peúgas. 

Burlaram a Bridget

O que tinha tudo para ser uma linda história de amor revelou-se um autêntico filme de terror! A minha sorte foi ter um anjo da guarda a zelar pela minha pessoa que é como quem diz, pela minha carteira

 

Eu adoro fotografia e há imenso tempo que desejava ter uma máquina polaroid. No entanto, e como sou uma pessoa ponderada - nalguma coisa teria de ser, não é? -, sei que tenho uma câmara digital muito boa e seria só estúpido e impulsivo comprar uma instax de 80€, por mero capricho! Por isso, nunca o fiz. 

 

Há cerca de umas 2 ou 3 semanas estava, por curiosidade, a navegar no marketplace do facebook e estava lá um rapaz a vender uma instax 8 a 20€! Escusado será dizer que fiquei super entusiasmada ... Neste momento as instax 8 estão a 70€ na fnac (acho)... 20€ para um capricho pareceu-me aceitável! Ainda para mais estive a ver os filmes (fotos) no ebay e o preço estava bom para o que estou disponível a gastar!

 

Anyway... acontece que o individuo, de uma educação extrema, mesmo depois de me ter garantido que me guardava a máquina por 2 dias, enquanto alinhavamos quando e como é que eu ia ter com ele, decidiu vende-la - sem sequer me avisar

 

Por ironia do destino, hoje de manhã quando acordei, como habitual, dei uma vista de olhos pelo instagram e eis que nas stories me aparece um anúncio patrocinado, com promoções da fujifilm por causa da Black Friday!!! Eu não estava em mim! Estava tão, tão, mas tão feliz! Pensei logo "vou aproveitar! Assim que chegar ao escritório vou comprar. É um presente de Natal de mim para mim". 

 

Ainda sou um bocado velho do Restelo no que refere a compras online, mas lá vou fazendo algumas. Tudo por meio da criação de cartões de crédito com o MBway... (só assim mesmo!)

 

Vejam só bem o que eu ia comprar....

1ac421a7-b2b4-4d27-b995-f0998f87a420.jpg

 

 

Quando é que esta brincadeira me começou a cheirar a esturro? Quando finalizo o pagamento e aparece-me uma notificação de que o pagamento não tinha sido bem sucedido e para tentar uns momentos mais tarde ou para enviar um e-mail... Entretanto apercebo-me de que não tinha chegado ao meu Gmail nenhuma confirmação de criação de conta e que o email que eles indicavam para contactar era, no mínimo, estranho para um revendedor da fujifilm... 

 

812cb774-57f3-4998-b799-3465afba01f3.jpg

 

Tudo no site https://shop.europe-fujifilm.com me pareceu bastante real! O S do protocolo de segurança. A política de devolução e de expedição dos materiais. A criação da conta. A própria construção do site estava muito boa! Nem o Pedro, meu namorado, que é Eng. Informático desconfiou do que quer que fosse. 

 

Não sei se sabem, mas em compras feitas com MBway é possível verificar se o pagamento foi efetuado e, em caso de não ter sido, porque motivo. Fui logo de imediato ao cartão que tinha gerado para esta compra e os 60€ continuavam lá... e em nota aparecia que tinham tentado cobrar uma compra naquele cartão, mas que a mesma não tinha sido bem sucedida porque o valor que tentaram cobrar era superior ao que eu tinha estipulado. 

Pedi logo ao Pedro que desse uma vista de olhos, para saber se estava a ser burlada ou não! Quando ele viu o site e criou uma conta disse-me que, tudo lhe parecia normal, mas foi quando começou a pesquisar mais que encontra isto no site da instax UK (tem link, podem clicar e inspecionar): 

 

FRAUDULENT WEBSITES POSING AS FUJIFILM

 

Fiquei para morrer! Até porque eu, previamente à compra, pesquisei sobre isto e no site da fujifilm Portugal não havia referência a nada

 

Pediu-me logo que cancelasse o cartão e certo é que, até agora, não me cobraram nada (e ele assegura que, agora, dificilmente o conseguem fazer), mas como boa paranoica que sou, continuo a fazer refresh à minha app do banco a cada hora.. não vá o diabo apetecer-lhe (ou os hackers)!

 

Aho que isto é um sinal de Deus para eu não comprar uma instax! Livra...